(51) 3388-4686 | contato@clinicakuyven.com.br

Clínica Kuvyen: Blog - Últimas notícias

Quando Posso Retomar os Treinos após Cirurgia Plástica?

Blog da Clínica Kuyven

atividades físicas

Com técnicas cada vez mais avançadas nos procedimentos estéticos, sejam eles cirúrgicos ou não, garantir o bem-estar e a autoestima não é impossível. As cirurgias plásticas, nos últimos anos, vêm ganhando popularidade. Entretanto, para atingir o corpo dos sonhos é preciso associá-las a uma alimentação saudável e balanceada, à prática de atividades físicas e ao cumprimento das recomendações médicas, especialmente no pós-operatório.  

atividades físicas

Vale lembrar que cada intervenção cirúrgica tem suas particularidades, logo a retomada ou o início da atividade física deve ser indicado pelo médico cirurgião. Isso porque cada organismo reage de um jeito aos procedimentos e somente o cirurgião plástico poderá liberar o paciente para treinos.

A Prática de Atividades Físicas Garante Melhores Resultados?

Com certeza, pessoas que costumam praticar atividades físicas conseguem melhores resultados após a realização de cirurgia plástica. Isso acontece porque os músculos que se encontram abaixo da camada de pele e de gordura são tonificados durante os treinos. De qualquer modo, é preciso que ao retornar às atividades físicas haja acompanhamento de profissional qualificado e se comece devagar, através de exercícios leves.

Entretanto, a falta de atividade física pode levar à flacidez da musculatura e à ausência de contorno corporal. Garantir os contornos corporais adquiridos, objetivo de grande parte dos procedimentos como, por exemplo, abdominoplastia e lipoescultura, necessita que se mantenha uma rotina de exercícios físicos. Por isso, se o paciente já possui hábitos saudáveis e IMC dentro do esperado, os resultados costumam ser mais efetivos e duradouros.

treino

E se o paciente nunca praticou atividades físicas? Não há problema nisso! Sempre é importante tonificar e fortalecer a musculatura. Neste caso, poderá ocorrer que o tempo para perceber os resultados seja mais longo. Pessoas que nunca praticaram atividade física beneficiam-se a partir do momento que começam a realizá-las após a cirurgia plástica. 

Existe um Tempo Específico para Retorno às Atividades Físicas após cirurgia plástica?

A recuperação após cirurgia plástica  é lenta e exige cuidados. O retorno às atividades físicas vai depender do tipo de  procedimento ao qual o paciente se submeteu e também de que haja liberação médica para isso. No entanto, existe uma média de tempo para este retorno, conforme a cirurgia plástica realizada. 

  • Mamoplastia de aumento – 60 dias;
  • Mamoplastia redutora – 90 dias;
  • Gluteoplastia – 60 dias;
  • Lipoaspiração e lipoescultura – 30 dias;
  • Rinoplastia – 40 dias;
  • Otoplastia – 30 dias;
  • Abdominoplastia e miniabdominoplastia – 60 dias;
  • Mastopexia – 90 dias;
  • Ginecomastia – 30 dias;
  • Mentoplastia – 30 dias.

Quais São os Cuidados Necessários ao Retomar os Treinos?

Mulher com corpo definido

 Abdominoplastia

A abdominoplastia normalmente produz cicatrizes extensas que demandam cuidados especiais e maior dedicação do paciente no pós-operatório. A sutura feita na parede abdominal costuma dificultar o retorno dos movimentos que exigem essa musculatura.

Nos primeiros 15 dias, após a cirurgia, não é conveniente forçar a musculatura abdominal em razão do processo inicial de recuperação. Entretanto, é aconselhável que o paciente comece a fazer pequenas caminhadas e vá aumentando o ritmo progressivamente, desde que não haja desconforto.

Quando os pontos já tiverem sido retirados, entre 4 e 6 semanas, pode-se começar a praticar atividades físicas. Este retorno deve ser gradativo, para que o corpo possa se adaptar novamente ao ritmo habitual. Geralmente, retorna-se efetivamente à caminhada ao redor de um mês e aos treinos normais em dois meses. Os exercícios que envolvem a musculatura abdominal somente após três meses.

 Lipoaspiração ou Lipoescultura

O retorno às atividades físicas, após os procedimentos de lipoaspiração ou lipoescultura dependem da extensão da área que foi lipoaspirada. Em linhas gerais, quando forem pequenas áreas, o retorno se dá entre sete a dez dias, enquanto nas áreas maiores de 14 a 30 dias. 

Antes da retirada dos pontos, em torno de 15 a 20 dias, o paciente só pode fazer algumas caminhadas. Gradativamente, são liberadas práticas leves e sem carga pesada ou com menos séries repetitivas. A partir da 6ª semana é possível intensificar os treinos. O uso da cinta modeladora não é obrigatório durante a realização dos exercícios físicos, porém ela deve ser recolocada após as atividades.

Importante lembrar que o procedimento cirúrgico, para alcançar sucesso, precisa estar ligado a três importantes momentos: pré-operatório, operatório e pós-operatório. Respeitando-se cada uma destas fases, tomando cuidados com a alimentação e seguindo as orientações médicas, o resultado da cirurgia plástica estará garantido.

Mamoplastia de Aumento

Para que o retorno às atividades físicas, após mamoplastia de aumento, seja tranquilo, importa que o implante esteja cicatrizado no local onde foi inserido. O cuidado deve ser maior quando as próteses são colocadas sob o músculo, pois além de ser mais doloroso, precisa de um tempo de repouso mais longo. Isso porque pode ocorrer o deslocamento das mesmas devido à força do músculo.

Assim como na maioria das cirurgias plásticas, a retomada dos treinos deve ser bem leve, com caminhadas, por exemplo. A rotina normal deve ser retomada somente após os 60 dias.Importante destacar que a cicatrização dos tecidos acontece totalmente após 90 dias. Neste tipo de procedimento, os riscos de um retorno precoce às atividades físicas podem ser hematoma (sangramento), seroma (acúmulo de líquido) e deslocamentos da prótese.

Um dos recursos utilizados para dar maior segurança à paciente, ao se exercitar, é o uso de sutiã cirúrgico ou de dois tops para dar maior firmeza na região do tronco.

mulher medindo seio

Mamoplastia Redutora

Geralmente as cicatrizes da mamoplastia redutora (diminuição dos seios) costumam ser maiores do que as dos implantes de mama (próteses). Em razão disso, necessitam de maior atenção ao cuidado com a cicatrização. Os exercícios devem ser de baixo impacto e intensidade.

Novamente, o início das atividades físicas deve ser com caminhadas leves a partir da terceira semana e com treinos de musculação para membros inferiores a partir da quarta semana. De forma mais intensa, um possível retorno aos treinos somente se dará após passados 90 dias da realização do procedimento, desde que haja liberação médica.

Aconselha-se o uso de qualquer estrutura que dê mais sustentabilidade à região para proteger os seios dos impactos dos exercícios. Quanto menos a mama se movimentar após a cirurgia melhor.

Categorias:

Veja as Novidades

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter