(51) 3388-4686 | contato@clinicakuyven.com.br

Clínica Kuvyen: Blog - Últimas notícias

Prótese de Silicone Encapsulou – O que Fazer?

Blog da Clínica Kuyven

cirurgia para inserção de prótese de silicone

A busca por cirurgia plástica tem aumentado, consideravelmente, no Brasil, nos últimos anos. Entre as intervenções mais procuradas pelas mulheres está a mamoplastia de aumento. Ela é realizada por meio da inserção de prótese de silicone para dar maior volume à mama. Embora seja considerado um procedimento comum nos dias atuais, por vezes pode ocorrer o encapsulamento da prótese de silicone ou “contratura capsular”. O índice deste problema é baixo – em torno de 1% das pacientes.

prótese de silicone

A prótese de silicone é entendida pelo organismo como um corpo estranho , por isso a tentativa de expulsá-lo é uma reação normal. Nesse sentido, com a intenção de proteger-se, é produzida uma cápsula cujo objetivo é manter a prótese mais aderida ao tórax. Isso se torna problema, embora raro, a partir do momento em que o organismo não cessa de produzir a película fininha (cápsula) e esta vai ficando tão rígida e espessa que pode alterar o formato da mama e, em casos mais intensos, provocar dor. 

Como Identificar os Sintomas do Encapsulamento de Prótese de Silicone?

Os sintomas do encapsulamento de prótese de silicone começam a ser percebidos a partir de pequenos incômodos constantes nos seios.  Entre eles pode-se citar: mamas com formatos diferentes (assimetria); pequenos ondulamentos na superfície da prótese ou endurecimento da região, além de fortes dores e mama inchada .

Isso ocorre porque o organismo exagera na produção da cápsula fibrosa que acaba ficando muito espessa e fazendo uma contração no implante. Em situações extremas, a contratura pode romper o implante e vazar o silicone. Seu diagnóstico é clínico, mas costuma ser complementado com exames de ecografia ou ressonância magnética da mama. Vale destacar que o encapsulamento pode se dar em qualquer momento, desde o pós-operatório até vários anos após.

O Que Causou a Contratura Capsular?

Estudos apontam como possíveis causas do encapsulamento de prótese de silicone, além do excesso de película produzida pelo organismo: infecções bacterianas, hematomas, alguns tipos de próteses mais antigas, rupturas decorrentes de traumas como acidentes, por exemplo, e alguns fatores intrínsecos não detectáveis.

exame de mamas para verificar contratura capsular

Além disso, existem graus que determinam a gravidade do encapsulamento de acordo com a classificação de Baker: 

  • Grau I: a mama se apresenta com consistência normal;  as mulheres não sentem incômodos e não há alterações estéticas;

  • Grau II: ao apalpar a mama, a paciente pode sentir o implante levemente endurecido , ainda que não haja alterações visíveis – considera-se contratura mínima;

  • Grau III: neste grau o implante é visível e pode ser facilmente sentido ao apalpar a mama, que também estará mais endurecida. Não há simetria entre os seios – contratura moderada;

  • Grau IV: contratura considerada grave neste grau; a mama encontra-se bem endurecida, há assimetria e presença de dor constante.

Os cirurgiões plásticos consideram como graves os graus III e IV. Nestes graus, certamente, há rejeição de prótese silicone; os sintomas são mais intensos, a mama apresenta deformação ou deslocamento da prótese. 

Qual o Tratamento para Encapsulamento de Prótese de Silicone?  

O tratamento do encapsulamento da prótese de silicone é determinado conforme o grau em que se apresenta.

Para os graus iniciais (I e II), nos quais os sintomas são mais leves, o tratamento é feito de forma clínica por meio de medicações com corticoides, do uso de ultrassom, de microcorrentes e da realização de drenagens manuais. Com este tipo de terapia para encapsulamento de prótese, pretende-se acalmar o sistema imunológico para que reduza a formação da fibrose capsular. Na maioria das vezes, isso já resolve o problema.

Já para os graus III e IV, quando há distorções acentuadas da posição da prótese e presença da dor, tem-se a indicação de procedimento cirúrgico no qual pode ser indicada a troca da prótese ou a alteração do seu posicionamento, após a realização da limpeza da cápsula que a envolve. 

marcação dos seios para mamoplastia de aumento

Se houver necessidade da retirada da prótese de silicone, a paciente deverá ficar sem recolocá-las por cerca de 6 meses, para reduzir a possibilidade de desenvolver contratura capsular novamente. Além disso, deverá fazer uso de corticoide pelo tempo recomendado por seu médico.

Atualmente, a ocorrência de encapsulamento de prótese de silicone é mínima. Uma das formas de prevenção é escolher uma prótese de silicone que seja de boa qualidade, liberada e aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). E, além do mais, manter os exames ginecológicos em dia e, principalmente, buscar um cirurgião plástico que seja reconhecido pela SBCP e que ofereça suporte completo em todos os momentos que envolvem a mamoplastia, do pré ao pós-operatório.

Categorias:

Veja as Novidades

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter